Em busca do «mar desaparecido» no Alqueidão da Serra


A escritora Alda Serras vai apresentar o seu livro «desculpa, por acaso viste o mar», no próximo dia 30 de outubro, às crianças do JI e da EB1 de Alqueidão da Serra.
A sessão está agendada para as 14h30, na biblioteca da Junta de freguesia, que apoia a iniciativa e a quem a BECRE-AEPM agradece.
A autora é professora de Português no 2.º Ciclo do Ensino Básico. Entre 2009 e 2013, desempenhou funções de professora bibliotecária, coordenando várias bibliotecas escolares de 1.º Ciclo. Foi nesse período que descobriu o mundo da literatura infantil e se iniciou na deliciosa tarefa de “dar a ler”.
Continuar a ler

Filipe LS Monteiro em Porto de Mós e Mira de Aire

No âmbito do MIBE 2018 (Mês Internacional da Biblioteca Escolar), o escritor, cientista e mágico Filipe LS Monteiro irá encontrar-se, no próximo dia 22 de outubro, com os alunos dos 3º e 4º anos de Porto de Mós e Mira de Aire.
Filipe L. S. Monteiro é licenciado em Química Analítica pela Universidade de Aveiro desde 1988. Durante mais de vinte anos desenvolveu a sua atividade profissional na indústria, onde exerceu várias funções (área de Controlo da Qualidade, Direção de Produção, Desenvolvimento de Novos Produtos e Tecnologias e apoio na Certificação da Qualidade e Ambiente da empresa). Em finais de 2009 trocou essa atividade por outras paixões: o ilusionismo, a divulgação da ciência e a escrita.
Até à data, publicou quatro livros, três para crianças e um para jovens e adultos.
Na primeira categoria, estão «O brinquedo que estava esquecido», «O menino que queria salvar o mundo» e «Mestre Carbono, o cientista». O quarto é um romance de aventuras que se desenrola na região de Porto de Mós e tem por título «O segredo da Serra dos Candeeiros». Todos estes livros poderão ser adquiridos no dia e locais das sessões.

Biblioteca da EB2MOP promove concurso de desenho e escrita


No âmbito do 10.º aniversário da integração da biblioteca escolar da EB2 Dr. Manuel de Oliveira Perpétua (BE-EB2MOP) na RBE e do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, esta estrutura promove um concurso artístico-literário, regido pelo seguinte regulamento:

Art. 1.º – O concurso é aberto a todos os alunos da EB2MOP.
Art. 2.º – O tema do concurso é «Eu gosto da minha biblioteca escolar porque…».
Art. 3.º – O concurso é organizado nas seguintes modalidades:
Modalidade 1 – Desenho;
Modalidade 2 – Escrita.  Continuar a ler

Luísa Ducla Soares e Daniel Completo nas Pedreiras e Porto de Mós


A escritora Luísa Ducla Soares e o músico Daniel Completo vão encontrar-se, no próximo dia 19 de março, com os alunos dos centros escolares de Pedreiras (de manhã) e Porto de Mós (à tarde).
Na bagagem, trazem poemas e canções dos livros «Quem dá asas às palavras», «Três amigos muito divertidos» e «Quem não trabuca não manduca – a cigarra e a formiga». As obras, todas elas incluindo um CD áudio, estão disponíveis nas bibliotecas destas escolas, a preço especial.
A sessão da tarde, que decorrerá no Cineteatro de Porto de Mós, terá como destinatários, para além de todas as crianças do Centro Escolar de Porto de Mós, as do pré-escolar e 1º CEB de Fonte do Oleiro e os alunos do 1º CEB de Alqueidão da Serra.
Esta iniciativa tem o apoio da Câmara Municipal de Porto de Mós, a quem a equipa da BECRE agradece.
    

Dinis Vicente, do Centro Escolar de Porto de Mós, vence concurso concelhio de leitura

[Fotos de Teresa Parracho]

O aluno Dinis Vicente, da turma 9 do Centro Escolar de Porto de Mós, foi o
vencedor do I Concurso Concelhio de Leitura de Porto de Mós. Em segundo, ficou Martim Matos, da EB1 de Alqueidão da Serra e, em terceiro, Letícia Costa, da EB1 do Arrimal. O primeiro teve como prémio um tablet e os restantes, pacotes de livros. Os outros três finalistas receberam também livros.
Concorreram 17 alunos do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós e uma aluna do
Instituto Educativo do Juncal. Todos receberam certificados de participação.
O concurso foi constituído por três provas: uma primeira eliminatória escrita, sobre a obra a concurso – «Rafa nas grutas», de Rui Matos – e duas provas de palco, de argumentação e de leitura de excertos da obra, para os seis finalistas.
O júri foi composto por Jorge Vala, presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Rui Matos, autor da obra a concurso, Graça Barão, coordenadora interconcelhia das bibliotecas escolares / RBE, Margarida Vieira, diretora da Biblioteca Municipal de Porto de Mós e Isabel Jorge, professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós. A apresentação e «régie» técnica estiveram a cargo dos professores bibliotecários Carlos Alberto Silva e Carlos Oliveira.
A organização foi da responsabilidade da Câmara Municipal de Porto de Mós e da Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares.

Fase de escola do Concurso Nacional de Leitura com datas marcadas

Estão já marcadas as datas para a realização da fase de escola do 12º Concurso Nacional de Leitura, no Agrupamento de Escolas de Porto de Mós.
Assim, as inscrições estão abertas até ao dia 31 de janeiro, nas bibliotecas escolares ou junto dos professores bibliotecários, no caso do 1º CEB.
As provas decorrerão entre os dias 15 e 22 de fevereiro, conforme calendário específico a afixar em cada escola do Agrupamento.
As provas de seleção serão constituídas por um questionário escrito composto por questões de escolha múltipla ou de verdadeiro / falso.
A seriação dos concorrentes será efetuada com base nos seguintes critérios:
1. Maior número de respostas corretas.
2. Tempo utilizado pelos concorrentes para a realização da prova.
Caso ainda resulte empate depois de esgotados os dois critérios anteriores, o júri realizará uma prova extra exclusiva para os concorrentes empatados.
As obras a concurso são: Continuar a ler

Concurso Nacional de Leitura alargado aos 1º e 2º Ciclos


A edição deste ano lectivo do Concurso Nacional de Leitura, até agora só para o 3º Ciclo e o Secundário, foi alargado ao 1º e 2º Ciclos. Estruturado em quatro etapas, terá a sessão final no dia 10 de Junho de 2018.
A primeira etapa será organizada por cada Agrupamento ou escola não agrupada, devendo apurar-se um aluno de cada nível de ensino (ou dois, no caso de haver apenas um Agrupamento no concelho respectivo). A segunda etapa, a realizar quando houver mais de um Agrupamento no mesmo concelho, tem âmbito concelhio e nela se apurarão dois alunos por nível de ensino. A terceira etapa tem carácter regional (intermunicipal) e nela se apurará um aluno por nível de ensino.
A final nacional consiste na realização de provas públicas de palco em que participarão cinco concorrentes por nível de ensino, vencedores de uma prova de pré-selecção de todos os apurados na etapa anterior.
Todos os participantes em cada etapa receberão certificados de participação e os vencedores de cada uma receberão prémios, a definir oportunamente.
Os três primeiros classificados da Final em cada um dos níveis de ensino receberão prémios a atribuir pelo PNL 2027.
Brevemente, serão divulgadas mais informações, como as obras a ler e as provas a realizar na primeira etapa, no Agrupamento de Escolas de Porto de Mós.

Encontro com a bióloga e escritora Sofia Quaresma

 

As bibliotecas das escolas básicas de São Jorge e Fonte do Oleiro vão receber, no dia 29 de novembro, a visita da bióloga e escritora Sofia Quaresma, a propósito do seu último livro, intitulado «Tomé, o gaio semeador».
A autora é bióloga e mestre em Biologia da Conservação. Desempenha funções numa autarquia da região, onde realiza atividades de sensibilização ambiental e de divulgação científica. É formadora e sócia de várias organizações e ONG de defesa ambiental e marinha.
A obra tem como personagem uma ave bem conhecida das nossas florestas, o gaio. Os gaios alimentam-se de bolotas, fazendo a sua recolha e armazenamento, enterrando-as no chão. Como muitas das bolotas enterradas não são comidas, acabam por germinar e o gaio torna-se assim um “semeador” involuntário.
Inserido num projecto da Delegação Regional Norte da Ordem dos Biólogos e com patrocínio do programa ENEA 2020 e do Fundo Ambiental, o livro foi apresentado pela primeira vez no passado dia 25 de novembro, sábado, na Biblioteca Municipal de Alcobaça.