Apoio ao Ensino à Distância

Em destaque

No contexto da pandemia do COVID 19, a Biblioteca Escolar (BECRE) responde às novas formas de trabalho operacionalizadas pelas escolas do AEPM, redirecionando a sua ação para a criação dos seguintes serviços e recursos em linha:

1. Serviço de referência e apoio a professores e alunos
O APOIO deve ser solicitado através de formulário próprio ou na «Sala de apoio ao e-Learning (ensino à distância)» do Moodle do AEPM (apenas professores). Continuar a ler

Fase de escola do Concurso Nacional de Leitura decorre em linha


As provas da fase de escola do Concurso Nacional de Leitura têm de ser, por razões óbvias, realizadas este ano «em linha». No dia 17 de fevereiro, durante a tarde, decorreram as provas escritas para os alunos dos 2.º e 3.º Ciclos e Secundário, através de questionários digitais sobre as obras escolhidas.
Os alunos do 2.º CEB apurados foram Alex Simões (5.º B – EB2MOP), Carolina Ascenso (5.º A – EB2MOP), Letícia Ferreira (6.º A – ESMA), Luz Saraiva (6.º A – ESMA), Mafalda Valente (5.º A – EB2MOP) e Rafaela Baptista (5.º D – EB2MOP).

No 3.º CEB foram apurados os alunos Carolina Ferreira (7.ºA – ESPM), Dinis Vicente (7.ºA – ESPM), Manuel Bispo (7.ºA – ESPM), Maria Miranda (7.ºB – ESPM), Marta Ladeiro (8.ºA – ESMA) e Matilde Ferreira (8.ºC – ESPM).

No Secundário foram apurados os alunos Afonso Vieira (10.ºA – ESPM), Beatriz Marques (10.ºB – ESPM), Constança Marques (10.ºA – ESPM), Maria Durão (10.ºA – ESPM), Sónia Paulo (10.ºA – ESPM) e Verónica Martins (10.ºA – ESPM).

A segunda etapa desta fase ocorrerá no dia 24, também à tarde, com a realização de provas de leitura em voz alta e de argumentação. Serão aí apurados os quatro alunos de cada ciclo / nível de ensino que representarão o AEPM na fase Intermunicipal.
As provas do 1.º CEB (apenas escritas) realizar-se-ão, também «em linha», durante a semana de 22 a 26 de fevereiro.
A todos os participantes, a equipa da BECRE deixa os seus parabéns.

Perdidos nas entranhas do Palácio da Pena (Escape Room)

Título: Perdidos nas entranhas do Palácio da Pena (Escape Room)
Autor: Carlos Alberto Silva
Língua: Português
Destinatários: crianças do 3.º ao 6.º ano de escolaridade
Sinopse: Ao João, não lhe apetece nada ir numa visita de estudo ao Palácio da Pena. Até que o avô lhe conta que, quando tinha a idade dele, tinha andado por lá perdido por túneis e passagens secretas, a desvendar enigmas.
Vem ajudar o João e o seu amigo Luís a seguir os passos do avô nas entranhas do Palácio da Pena. E aproveita para conhecer uma jóia do património nacional.
Ligação: CLICAR AQUI

O labirinto da Matemática (Escape Room)

Título: O labirinto da Matemática (Escape Room)
Autor: Carlos Alberto Silva
Língua: Português
Destinatários: 1.º CEB
Sinopse: A Rita não gosta de Matemática e vai ter um teste importante no dia seguinte. Enquanto está a estudar, adormece e tem um pesadelo: está presa num labirinto. Para escapar do labirinto e dos personagens assustadores que a perseguem, a Rita terá de resolver vários enigmas matemáticos.
Ao participante (ou grupo de participantes) é também pedido que vá escrevendo mensagens de apoio à protagonista, pelo que esta atividade abrange não apenas a disciplina de Matemática, mas também a de Português.
Ligação: CLICAR AQUI

Vai cuidAR-TE… a ARTE dá saúde e bem-estar!

This slideshow requires JavaScript.

Nos tempos difíceis que atravessamos, o contacto com a Arte é um dos melhores remédios para ajudar ao nosso equilíbrio mental. Por isso, neste ano letivo, a Biblioteca escolheu a ARTE como fio condutor das suas atividades, especialmente nas duas escolas secundárias do Agrupamento.
Assim, realizaram-se ao longo do primeiro período várias atividades destinadas a chamar a atenção da comunidade escolar para os benefícios da Arte, começando pela criação de um vírus “bom” que disseminou a mensagem através de slogans como “O que ARDE cura? Não! A ARTE cura!”, “Infeta-te com Literatura!”, “Uma peça musical imuniza-te contra o mal!”, entre outros.
No mês de novembro, foram apresentados artistas que, confrontados com situações de doença ou de incapacidade, encontraram na Arte um meio para ultrapassarem as suas dificuldades, nas áreas da literatura (Hans Christian Andersen, Fernando Pessoa, Phillip K. Dick, Paulo Coelho, António Lobo Antunes…), da música (Mozart, Ray Charles, Seal, Camila Cabello,…), ou da pintura (Edvard Munch, Salvador Dalí, Frida Kahlo,…), e ainda filmes que retratam situações em que a Arte tem um papel fundamental no bem-estar.
Em dezembro destacaram-se artistas que foram perseguidos, presos ou exilados, por causa da sua arte ou da sua vida pessoal, mas que encontraram de novo na Arte um caminho para o seu bem-estar.
Paralelamente foi lançado um concurso de fotografia, intitulado FotogrfAR-TE, aberto a toda a comunidade escolar, e destinado a estimular a criatividade e o sentido de observação através de fotos relacionadas com os temas das exposições (“A Arte dá saúde e bem-estar” e “Coisas presas”). Este concurso irá prosseguir ao longo do ano, o mesmo acontecendo com outras atividades ligadas a esta temática, a começar pelos livros selecionados para a fase de escola do Concurso Nacional de Leitura.

(C)Sem Meias Palavras…

 

This slideshow requires JavaScript.

(C)Sem Meias Palavras, a Clara, a Filipa, a Lara, o Rodrigo e o Rui, alunos do 12.º A-PM e do 12.ºCT-MA, deram a conhecer livros que gostaram de ler aos seus colegas das turmas do 10.º ano do Agrupamento. Este ano, esta atividade, promovida pela Biblioteca Escolar em articulação com as professoras de Português das turmas, decorreu via Zoom o que permitiu juntar alunos das duas escolas secundárias.

A Biblioteca agradece aos alunos a disponibilidade e o tempo despendido para realizar esta atividade. Esperamos que esta atividade tenha contribuído para que muitos jovens tenham encontrado o livro certo para eles pois, citando o escritor James Patterson, “não há jovens que não gostam de ler”; há é muitos jovens que “não estão a ler os livros certos “.

FotografAR-TE: concurso de fotografia para a comunidade escolar

Nos tempos difíceis que atravessamos, o contacto com a ARTE é um dos melhores remédios para ajudar ao nosso equilíbrio mental. Por isso, neste ano letivo, a Biblioteca escolheu a ARTE como fio condutor de muitas das suas atividades.
Uma dessas atividades consiste num concurso de fotografia, aberto a todos os alunos (a partir do 2.º Ciclo) e pessoal docente e não docente do Agrupamento.
Em cada mês, será proposto um tema diferente e as fotografias poderão ser partilhadas com a comunidade escolar através do Instagram e do facebook da Biblioteca. Em cada mês serão eleitas as melhores, que serão também partilhadas nas redes sociais do Agrupamento e, no final do ano, haverá prémios.
Utiliza o teu telemóvel para fotografar o teu mundo e partilhá-lo com a comunidade.
O tema do mês de novembro é: “A Arte dá-nos saúde e bem-estar”.
O regulamento pode ser consultado aqui.