«Quero uma mãozinha» – o que é?

Quero uma mãozinha (logótipo)

Serviço de apoio à literacia da informação e dos «media» na prática letiva

O apoio aos membros das comunidades escolares que servem é um dos principais objetivos das bibliotecas escolares (BE). Tal pode realizar-se de múltiplas formas, sempre tendo em conta as necessidades específicas dos diferentes membros da comunidade, quer no espaço físico das bibliotecas, quer fora dele.

No espaço das bibliotecas, esse apoio reveste-se frequentemente de ajuda direta aos alunos na realização de tarefas diversas. De modo a identificar facilmente os alunos que necessitam de ajuda, criou-se, no ano letivo de 2016/2017, a “mãozinha”, que os alunos podem levar para os seus lugares, de modo a que o seu pedido de ajuda seja bem visível para o pessoal em serviço no espaço da BE.

Com os projetos “Literacia Digital” e “DICA – Dominar a Informação Certa com Astúcia”, a BE iniciou também experiências de apoio à operacionalização dos currículos, nomeadamente no âmbito das competências transversais, como a literacia da informação e dos media, especialmente da Internet.

A partir do ano letivo de 2017/2018, a BE alargou a experiência adquirida a toda a comunidade escolar, apresentando um conjunto de sessões de formação que os docentes podem requisitar, caso detetem nas suas turmas lacunas nas áreas referidas. Propõem-se também outras modalidades de apoio aos docentes, sob a forma de coadjuvação, quer para a concretização de trabalhos no âmbito do circuito da informação*, quer para a operacionalização de novas estratégias de aprendizagem recorrendo a algumas dos milhares de aplicações existentes na plataforma Android. A biblioteca escolar pretende assim “dar uma mãozinha” aos docentes na concretização do currículo.

«Quero uma mãozinha»: modalidades de apoio

LITERACIA DA INFORMAÇÃO

Sessões de formação para as turmas sobre as seguintes temáticas:
– Pesquisa e localização de fontes de informação na biblioteca (60 min.).
[Para alunos que não frequentaram o 2.º e 3.º CEB no Agrupamento]
– Pesquisa avançada de fontes de informação na Internet (90 min.).
– Avaliação de fontes de informação na Internet (45 a 60 min.).
– Citações e referências bibliográficas de fontes de informação impressas e digitais (90 + 45 min.).
– Estruturação e elaboração de trabalhos escolares (60 min.).

Elaboração de trabalhos específicos das disciplinas, em contexto letivo, com apoio material e / ou humano da BECRE.*

LITERACIA DOS MEDIA E DA INTERNET

Sessões de formação para as turmas sobre as seguintes temáticas:
– Segurança nos dispositivos móveis (60 min.).
– Direitos e deveres na Internet (30 min.).
– Preservar a identidade e a privacidade em linha (45 + 45 min.).
– Preservar os direitos de autor (45 min.).
– O Cyberbullying (45 a 60 min.).

UTILIZAÇÃO DE APLICAÇÕES ANDROID

Utilização de aplicações Android específicas das disciplinas, na sala
de aula, com os tablets e o apoio do professor bibliotecário.*
– Utilização de aplicações Android específicas das disciplinas, na sala
de aula, com os tablets, mas sem o apoio do professor bibliotecário (reservado a situações específicas a definir com o professor bibliotecário).*

Utilização de aplicações de leitura digital, na sala de aula, com os
tablets e o apoio do professor bibliotecário (ou sem, em situações específicas a definir com o professor bibliotecário).*

Formação para a utilização de ebooks e de aplicações de leitura digital (45 min.).*

 

Destinatários:
Docentes e turmas da ESPM e da ESMA.
Os conteúdos assinalados com * estão também disponíveis na EB2MOP, limitados à disponibilidade de horário do professor bibliotecário.

Recursos:
– Tablets de 10’ na sala de aula.
– Computadores das bibliotecas.
– Professores bibliotecários e outros recursos humanos a definir.

Contactos e reservas:
E-mail: becreaepmos@gmail.com
Balcões de atendimento das bibliotecas.
Contacto pessoal com os professores bibliotecários