Vamos imaginar… um mundo melhor

Este ano, as unidades de biblioteca do 1.º e 2.º CEB do AEPM vão desenvolver as suas atividades a partir dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 2015.
Ao longo dos três períodos lectivos, haverá exposições, sessões temáticas / de contos, concursos e encontros com escritores, relacionados com algumas das 17 metas.
Para já, no âmbito do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, para além de exposições sobre os ODS nas várias unidades, está decorrer na EB2MOP um concurso de escrita, desenho e vídeo a partir do mote «Vamos imaginar… um mundo melhor».

Águas Mil: a água nas palavras dos poetas

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

A Biblioteca Escolar apresentou, no dia 13 de junho de 2019, no cineteatro de Porto de Mós, um espetáculo intitulado Águas Mil. Esta iniciativa centrou-se em poesia relacionada com a água em todas as suas formas: a impetuosa água do mar, corajosamente sulcada pelos marinheiros quinhentista, a água das fontes, dos rios e da chuva, a água que nos habita, água triste das nossas lágrimas, água sedenta e fecunda do desejo e do amor. O evento foi dinamizado por alunos da Escola Secundária de Porto de Mós, que cantaram ou declamaram as palavras dos poetas, e ainda com participações especiais do Coral Vila Forte e da DiArte Dance. Apresentamos, de seguida, alguns momentos destes eventos.

Contos do mar ameaçado

A propósito da comemoração do Dia Europeu do Mar, do Dia Mundial da Tartaruga e do Dia do Autor Português, que se celebram entre 20 e 23 de Maio, a biblioteca da EB2 Dr. Manuel de Oliveira Perpétua realiza um conjunto de sessões de leitura em voz alta sobre a temática da poluição marinha.
As obras a apresentar são «Karaka», de Carmelinda Gonçalves Abu-Raya, «Roubar ao mar», de Carmen Zita Ferreira, e «Marina e os mares de plástico», de Carlos Alberto Silva.
A iniciativa tem como objectivos promover a leitura e os autores de língua portuguesa e comemorar as referidas efemérides, alertando para a necessidade de alterar comportamentos.
As inscrições podem ser feitas na sala de professores da EB2MOP ou na biblioteca escolar.

ESPM e ESMA: Top Livros e Top Leitores – 2.º período 2018/2019

Findo o 2º período, divulgamos o Top Livros e o Top Leitores das Escolas Secundárias de Porto de Mós e de Mira de Aire. O Top Livros inclui os títulos dos livros mais requisitados para empréstimo domiciliário. O Top Leitores regista os alunos com maior número de requisições domiciliárias na área da ficção. Aos melhores leitores será oportunamente entregue um prémio pela equipa da BECRE. Para eles, e os outros, os nossos parabéns.

Escola Secundária de Porto de Mós

Escola Secundária de Mira de Aire

Miúdos a votos na Escola Secundária de Porto de Mós

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entre 11 e 15 de março decorreu a campanha eleitoral no âmbito da iniciativa “Miúdos a votos: quais os livros mais fixes” 2019.
Na Escola Secundária de Porto de Mós (ESPM), o 8.ºC decidiu fazer campanha a favor do livro O Diário de Anne Frank. Para tal, apresentaram a algumas turmas dos 7.º e 8.º anos uma dramatização com os momentos finais vividos no anexo em que Anne, a sua família, a família Van Daan e o Sr. Dussel viveram durante cerca de dois anos. Ouvido um excerto do diário, o anexo é invadido pelos soldados alemães; foi também uma oportunidade para relembrar aos presentes as condições de vida dos judeus e a tragédia do Holocausto.

No dia 15 de março decorreu o ato eleitoral. Na ESPM podiam votar todos os alunos do 3.º Ciclo.
Apurados os resultados, votaram 72 alunos com a seguinte expressão

  1. O Diário de Anne Frank: 81,94 %
  2. A culpa é das estrelas: 4,17 %
  3. A lua de Joana: 4,17 %
  4. Avozinha Gângster: 2,78 %
  5. Harry Potter e a pedra filosofal: 2,78 %
  6. História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar :1,38 %

Votos nulos: 2,78%
O “Miúdos a votos: quais os livros mais fixes” é uma iniciativa da revista Visão Júnior, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, a Pordata e a Comissão Nacional de Eleições, entre outras entidades, e pretende promover a cidadania e a leitura, permitindo aos jovens defender em público as suas ideias e perceber como decorre um ato eleitoral.