Guerra dos Livros: a Grande Batalha

{vembed V=171314473}

Não gosto de ler! Esta frase, tão comum, foi o ponto de partida para um conjunto de atividades da Biblioteca Escolar, em colaboração com os docentes de Português, destinadas a promover a leitura livre e autónoma dos alunos. Mas também a cooperação e a solidariedade. Assim, várias turmas estiveram “em confronto” em várias batalhas, numa Guerra dos Livros que começou no mês de janeiro. Em cada turma, os alunos eram livres de ler e, querendo ler, podiam escolher um livro entre vários. Depois, podiam juntar-se com outros colegas para colocar desafios à outra turma sobre os livros lidos. Elaborar desafios, ou responder-lhes, permitia ganhar pontos para a turma respetiva. Este ano, o confronto deu-se entre as turmas 7ºD, 7ºE e 8ºA da ESPM e as turmas 8ºA e 8ºB da ESMA.

No passado dia 8 de junho, a “guerra” finalizou com a Grande Batalha. Alunos das várias turmas formaram equipas que confrontaram os seus conhecimentos sobre os livros Será que tudo me acontece por acaso, de Margarida Fonseca Santos, e Os da minha rua, de Ondjaki. Desta vez, a “luta” foi mediada pelos docentes organizadores e culminou com a vitória das equipas “As semnome” e “Os Charecas”, respetivamente da turma 7ºE-PM e 8ºB-MA, que tiveram direito a sentar-se no trono dos vencedores. Mas por pouco tempo pois, vencedores foram todos os alunos participantes, por terem passados bons momentos a ler e a conviver. No final houve distribuição de prémios e diplomas para todos e um saboroso lanche oferecido pela Direção da escola. Agora, está tudo em paz!

Deixe uma resposta