Dia Mundial da Criança: situação da infância no mundo continua preocupante

A propósito do Dia Mundial da Criança, que se celebra a 1 de Junho, deixamos aqui alguns elementos para reflexão.

O mapa seguinte, elaborado pela organização Humanium, dá uma boa ideia do estado dos direitos das crianças pelo mundo, verificando-se que Portugal ainda não atingiu uma situação «boa», mas apenas «satisfatória».

mapa respeito direitos criancas web
Este ano, a UNICEF estima em 85 milhões as pessoas – das quais 59 milhões são crianças – que necessitam de ajuda humanitária vital. Estas pessoas vivem em 50 países afectados por conflitos, catástrofes naturais e outras situações de emergência complexas.

De acordo com o mesmo relatório, eis mais alguns dados preocupantes:

– cerca de 6,6 milhões de crianças com menos de cinco anos morreram em 2012, a maioria de causas evitáveis;

save the children agua contaminada
– quinze por cento das crianças do mundo são obrigadas a trabalhar (em Portugal, ainda são 3%), o que compromete o seu direito à protecção contra a exploração económica e atenta contra o seu direito de aprender e brincar;

save the children trabalho infantil
– onze por cento das meninas casam antes de completar 15 anos, comprometendo os seus direitos à saúde, educação e protecção;

save the children prostituicao infantil
Problemas como o tráfico de seres humanos, o envolvimento em conflitos armados e a exploração sexual, continuam a afectar milhões de crianças, principalmente nos países subdesenvolvidos.

save the children crianca soldado
Mesmo nos países ditos desenvolvidos, como Portugal, a recente crise económica vem piorar as condições de vida das camadas mais pobres da população, afectando principalmente as crianças.

save the children crianca refugiada
As imagens anteriores foram adaptadas de um conjunto de painéis criados pela organização «Save de Children», da Austrália, a propósito de uma exposição realizada em 2009 sobre a violação dos direitos das crianças pelo mundo.

Estas e outras informações (como um resumo dos Direitos das Crianças publicado pela UNICEF, que pode ser descarregado AQUI) estiveram expostas no painel da biblioteca da Escola EB2 Dr. Manuel de Oliveira Perpétua, de Porto de Mós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.